Sazonalidade de Vendas: Entenda como utilizá-la a seu favor!

A Sazonalidade remete a um aspecto relacionado ao tempo decorrido e abordando isso dentro do mundo dos negócios, associa-se com a perspectiva de diversos empreendimentos serem sazonais, ou seja, variar suas vendas e, consequentemente, o seu faturamento dentro de determinado período. Assim, é de fundamental importância a identificação, caso ocorra, de qual é esse período sazonal que influencia a demanda da empresa. Outro fator a ser observado é o nicho que se está inserido, ou até mesmo o aspecto geográfico que pode alterar a suas vendas.

A sazonalidade pode ocorrer de diversas formas e períodos, dentre elas, as mais comuns que podem estar presentes dentro do seu negócio são:

Diária: As vendas se alteram dentro de um horário específico do dia, ou seja, existe um horário em que ocorre um pico de vendas dentro do estabelecimento.

 

Semanal: A oscilação nas vendas ocorre em dias específicos durante a semana, a título de exemplo temos bares e restaurantes onde esse fluxo de clientes ocorre mais expressivamente nos fins de semana.

 

Mensal: Determinados tipos de estabelecimentos possuem um aumento nas vendas relacionados a dias específicos em que a maioria da população recebe o salário. Exemplo disso são supermercados e açougues.

 

Anual: É a sazonalidade mais comum e se refere ao aumento das vendas em determinados meses ou estações do ano, como por exemplo o Natal e Páscoa.

 

Como Planeja-la?

Verificando a existência de uma sazonalidade em sua empresa, o primeiro passo para que não se transforme em uma dor de cabeça para você, ou algo prejudicial para o seu negócio, é conhecer quando ocorre a sazonalidade dentro da empresa. Para isso verifique seus resultados dos últimos anos e analise se existiu uma oscilação da demanda em determinado período que foi recorrente. Caso sua empresa não tenha uma base histórica detalhada de mais de um ano, é importante a análise da concorrência através de um Benchmarking de empresas que estão no mesmo segmento de atuação.

Olhe o calendário, e verifique quais os feriados e datas comemorativas que poderão afetar as vendas de sua empresa. Para isso, confira a localidade de seu empreendimento, e se essas datas alteram o fluxo de procura de seu serviço ou produto de acordo com a região que está inserida. Por exemplo, uma empresa que vende roupas e está inserida em um ponto turístico na cidade de Salvador, muito provavelmente terá um aumento em suas vendas em períodos de feriados, pois terá um fluxo maior de pessoas.

E para o seu negócio não ficar refém desses períodos sazonais, crie promoções durante épocas que as vendas são menores, para que haja o estímulo do cliente em frequentar o seu estabelecimento.

 

Como tirar proveito da Sazonalidade?

Para que o período sazonal de seu negócio não se torne algo que prejudique a sua gestão dentro da empresa, é importante seguir o planejamento indicado anteriormente. Agora você deve pensar: qual proveito que eu vou tirar dessa sazonalidade? São diversos os benefícios que a identificação e projeção da sazonalidade de vendas poderão trazer ao seu negócio.

O primeiro ponto que você pode se beneficiar é quanto o número de funcionários. Você saberá os períodos, seja ele na semana ou até mesmo de um determinado período do ano, que haverá a necessidade de mais funcionários, assim não precisando desembolsar um valor alto com uma grande quantidade de funcionários, enquanto não há demanda suficiente para que isso exista. Além disso você terá o seu estoque planejado para esses períodos de variações, evitando assim, desperdícios e vendas abaixo do preço para se livrar desse estoque.

Ademais, um outro fator importante para as empresas é o desempenho do marketing digital. Atualmente, pode ser feita uma conexão com a sazonalidade de vendas e as mídias sociais uma vez que, você pode criar campanhas de acordo com a sazonalidade do seu negócio, assim haverá uma economia maior por conta de gastos que não trarão resultados possibilitando um maior investimento em dias que terão mais efetividade para sua campanha. Temos como exemplo empresas que vendem chocolates. Em períodos como páscoa e natal elas poderão investir mais nesse tipo de marketing já que são períodos em que as pessoas estão mais dispostas a comprar esse tipo de produto, o retorno sobre o investimento nessas campanhas de marketing poderá ser muito mais alto.

  • Por Magno Brandão

O QUE ACHOU DO ARTIGO?

Deixe suas dúvidas nos comentários ou entre em contato conosco para que possamos ajudá-lo! Você também pode agendar um diagnóstico gratuito clicando aqui ou entrando em contato através do telefone (71) 3273-8508.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresça seu Negócio com Nossos Materiais

Em um mundo cada vez mais digital e exponencial, estar conectado a todas as tendências de gestão é um imenso desafio. Mas, existem opções confiáveis e a Primus Consultoria é uma delas.
Deixe seu e-mail e esteja sempre atualizado.