Gamification: Uma estratégia para engajar pessoas!

Desde os tempos antigos, os jogos estão presentes na vida dos seres humanos por meio de ações básicas como caçar, lançar objetos etc. A verdade é que situações que envolvem jogos podem proporcionar o engajamento das pessoas, estimular relações humanas, além de criar e potencializar habilidades. A utilização de técnicas de games para outros contextos que não estejam diretamente associados aos jogos se chama gamificação, ou gamification.

Mas o que é Gamification?

Gamification consiste no uso de estratégias e elementos que são utilizados em jogos voltados a implementação e adaptação para situações que não são lúdicas. Nesse contexto, são incluídos a competição, cooperação, resolução de problemas, níveis e premiação. Essa estratégia objetiva a motivação e engajamento dos colaboradores, além de estar cada vez mais presente nos treinamentos corporativos e na fidelização dos colaboradores das empresas.

E como podemos aplicar o Gamification?

De forma prática, a estratégia de Gamification busca tirar proveito dos desejos naturais do ser humano. Para isso, sua aplicação envolve o estabelecimento de tarefas que estejam alinhadas com o objetivo da empresa, sendo engajar os colaboradores, ou fazer com que esses interajam entre si. Para que a metodologia seja eficaz, é necessário a criação de regras e a aplicação de sistemas de monitoramento. Abaixo, demonstraremos o passo a passo para a implementação do gamification:

1º Passo: Identificar o objetivo e seu contexto

Nesse passo é necessário identificar o que deve ser potencializado, melhorado ou sanado na sua empresa. Existem diversas ferramentas que podem vir a ajudar nesse processo, como o Diagrama de Ishikawa, a título de exemplo. O diagrama de Ishikawa é uma ferramenta de qualidade que auxilia no levantamento das causas raízes de determinado problema.

2º Passo: Definir os Jogadores

Após identificar o objetivo, o próximo passo está voltado para a definição dos jogadores. Os jogadores poderão ser tanto colaboradores da empresa como os clientes.

3º Passo: Deliberar os parâmetros norteadores e a missão do jogo

A missão do jogo deve estar voltada ao propósito que propiciou a iniciativa da realização do gamification. Assim, é necessário criar missões específicas e mensuráveis para que o jogo tenha mais assertividade em seus resultados.

4º passo: Brainstorm

Nesse passo, é o momento de colher ideias de como realizar o jogo e de que forma será implementado, assim determinando seu formato.

Para auxiliar existem 3 perguntas norteadoras:

  1. Qual história será contada usando as mecânicas de jogos?
  2. Qual será o tema do jogo?
  3. Qual será a estética do jogo?

5º Passo: Estabelecer o game e sua mecânica

Aqui, a mecânica da gamificação já pode começar a ser estabelecida. O jogador pode passar de nível quando atingir um objetivo ou meta, por exemplo. A duração pode ser definida a partir do objetivo a ser alcançado.

 6º passo: Validar o game

Nessa fase a ideia principal é testar o jogo, com o intuito de validar as propostas pensadas e analisar os aspectos a serem melhorados. É recomendável que essa validação seja feita com um pequeno grupo de pessoas e assim que sua versão estiver totalmente pronta, integrar as demais pessoas previstas ao game.

7º passo: Implementação e acompanhamento do game

Esse é o momento em que se deve colocar em prática as ações do jogo junto a seus objetivos. Após a implementação, é necessário um acompanhamento com o intuito de monitorar o andamento do jogo, gerenciando então seus resultados para um processo de melhoria constante.

8º passo: Mensuração e avaliação dos resultados.

Para mensurar e avaliar os resultados de modo efetivo, é necessário obter indicadores bem definidos. Assim, o engajamento e interação entre os jogadores passam a ser mais assertivos.

Quais são os benefícios obtidos com a estratégia de Gamification?

  1. Impulsiona os efeitos do marketing;
  2. Aumenta o engajamento com a marca;
  3. Gera mais motivação entre os usuários;
  4. Promove a retenção de conhecimentos;
  5. Incentiva no trabalho em equipe;
  6. Permite feedbacks.
  7. Vantagem competitiva;

É indiscutível que a metodologia de Gamification impacta diretamente nos resultados de um ambiente empresarial, uma vez que empresas são feitas de pessoas e esse tipo de metodologia afeta diretamente aos indivíduos que constituem a organização, sendo o consumidor ou até mesmo o colaborador. O Starbucks, é um exemplo de case de sucesso quando se trata de gamificação. A empresa criou uma forma bem simples de utilizar a metodologia e criar uma interação entre seus clientes e sua marca, o Starbucks Rewards. Seu funcionamento é por meio de um aplicativo no celular, onde o cliente recebe pontuações de acordo com seu nível de fidelidade a cada compra, ganhando recompensas relacionadas.

 

  • Por Brenda Queiroz

O QUE ACHOU DO ARTIGO?

Deixe suas dúvidas nos comentários ou entre em contato conosco para que possamos ajudá-lo! Você também pode agendar um diagnóstico gratuito clicando aqui ou entrando em contato através do telefone (71) 3273-8508.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresça seu Negócio com Nossos Materiais

Em um mundo cada vez mais digital e exponencial, estar conectado a todas as tendências de gestão é um imenso desafio. Mas, existem opções confiáveis e a Primus Consultoria é uma delas.
Deixe seu e-mail e esteja sempre atualizado.