Aumente o seu faturamento com a fidelização de clientes

 

Para um bom funcionamento de uma empresa, é necessário saber reter os clientes e o seu público atual. Assim, seu negócio acaba ganhando promotores que divulgarão a sua marca para pessoas próximas a ele, como familiares e amigos.

 

Já parou para pensar como é caro e demorado conquistar um novo cliente? Como já dito diversas vezes, é muito mais barato fidelizar e manter um cliente do que conquistar um novo. É comprovado por inúmeras pesquisas que um cliente habitual, quando satisfeito, tende a comprar muito mais que um novo. Para esta fidelização, existem vários fatores em que os clientes levam em conta, como: um bom atendimento, produtos de qualidade, ambiente aconchegante, etc. Os mesmos, devem ser melhorados e potencializados a partir de ações realizadas, e além disso, para ser ainda mais assertivo, a empresa deve investir em um bom programa de fidelização para os seus clientes.

Os programas de fidelidade têm como objetivo aumentar o faturamento da empresa e conseguir mais clientes que sejam promotores do seu serviço ou do seu produto. Segundo Matilda Dorotic, professora associada do Departamento de Marketing da BI Norwegian Business School, os programas que fidelizam o cliente são: “programas de incentivo contínuo oferecido por um varejista para recompensar clientes e encorajar repetição de negócios”

 

Um programa de fidelidade gerencia cada um de seus clientes de forma estruturada e a longo prazo, identificando-o e permitindo que você tome ações direcionadas para a constante melhoria do seu produto ou serviço. Mas existem várias perguntas e questionamentos acerca dos programas de fidelidade. Como montar um programa de fidelidade realmente eficiente? Será que aquele de completar 10 carimbos é realmente eficiente? 

Para um programa de fidelidade bem amarrado, aqui vai algumas dicas:

 

Saiba quem são seus clientes

Ao longo do tempo e do comportamento dos consumidores (LINK DO CONTEÚDO DE COSTUMER SUCCESS), os programas de fidelidade estão mudando. Um dos principais fatores é o imediatismo. Os clientes não querem mais esperar completar determinada quantidade de compras, para assim, poder usufruir do benefício. As empresas que utilizam dessa ferramenta para a recorrência dos clientes estão tomando novas atitudes, como a troca mais rápida desse benefício, pois se a meta for algo muito distante o cliente não verá isso como algo bom. 

Além disso, algo que os programas de fidelidade tem investido, é pesquisar os gostos e interesses dos seus clientes, para que, ao escolher o produto da premiação, o mesmo seja atrativo ao público. Ou seja, ao realizar compras, o cliente pode acumular os pontos e trocar pelo produto que almeja. 

 

Como fazer um programa de fidelidade assertivo?

Na hora de montar um programa de fidelidade, é necessário levar em conta alguns fatores. Um deles é a alta competitividade do mercado, isso faz com que alguns programas não sejam tão eficientes, principalmente se demorar muito tempo para atingir o objetivo. A fidelização tem que ser relevante, tem que incentivar o consumo recorrente. Um exemplo de uma boa recompensa são os programas de CashBack, que é um programa de recompensa por reembolso operado, geralmente, por empresas de cartão de crédito, onde uma porcentagem do valor gasto é paga de volta ao titular do cartão. 

Em pequenas empresas, é possível fazer um cartão de fidelidade que utilize o carimbo como forma de acompanhamento do benefício. Nele, a cada vez que o cliente consumir no seu estabelecimento, ele receberá um carimbo personalizado em seu cartão, e quando o mesmo estiver completo, o comprador poderá resgatar o prêmio almejado. Mas, caso sua empresa seja de maior porte, é indicado que utilize outra forma de fidelização, como um cartão magnético, que só poderá ser utilizado em seus estabelecimentos. Com esse novo sistema de fidelização, é possível que você personalize com sua marca e com o nome do comprador, o que já contribui para uma melhor fidelidade, pois o cliente terá algo exclusivo e totalmente personalizado. 

 

Faça um bom acompanhamento

Não adianta criar uma estratégia dessa, se a mesma não for monitorada constantemente. É preciso entender como estão os resultados da ação realizada para poder saber com mais clareza os erros e acertos cometidos, e assim poder melhorar as estratégias implementadas.

O mais interessante, além de observar e analisar estes números obtidos, é estar sempre alinhado com o seu cliente. Procure sempre conversar com o público que está ali constantemente, assim é possível colher insumos mais qualitativos para a sua estratégia, o que pode resultar em algo muito mais assertivo para seu negócio.

Você deve ter percebido que qualquer estratégia precisa ser voltada para o seu cliente. Ele é a alma do seu negócio. É ele que faz a sua empresa andar. Então, procure entender o comportamento dele, pois assim a fidelização será assertiva e seu negócio terá um potencial enorme de crescimento.

• Por Rafael Vita


O QUE ACHOU DO ARTIGO?

Deixe suas dúvidas nos comentários ou entre em contato conosco para que possamos ajudá-lo! Você também pode agendar um diagnóstico gratuito clicando aqui ou entrando em contato através do telefone (71) 3273-8508.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cresça seu Negócio com Nossos Materiais

Em um mundo cada vez mais digital e exponencial, estar conectado a todas as tendências de gestão é um imenso desafio. Mas, existem opções confiáveis e a Primus Consultoria é uma delas.
Deixe seu e-mail e esteja sempre atualizado.